Vinho Pispi Blend de Tintas

Vinho Pispi blend de tintas

Vinificação: fermentação em "ovos" de concreto. As uvas fermentam durante 25 dias a temperaturas baixas e com leveduras provenientes dos vinhedos, para obter uma maior expressão frutada e complexidade aromática. Co-fermentação Bonarda / Petit Verdot para aumentar sabores e doçura ao paladar. Manual de Gestão Hat de adulteração, para extrair taninos sedosos. Esta mistura de tintas Essa mistura de tintas representa a sinergia de diferentes terroir e variedades. Aromas mentolados, amoras, ameixas, groselhas, abariguay, pimentas e geléias de pimenta. 40% do vinho foi envelhecido por 12 meses em barricas de carvalho francês segundo uso. Notas de caramelo, baunilha.

Ele está sempre onde não o chamam. Quando sabe, opina. Quando não, também. Pispi é aquele que procura o centro das atenções. Ele desperta ódios e paixões, mas nunca passa desapercido. MISTURA DE TINTA 40% Malbec | Perdriel 20% Petit Verdot | Altamira 20% Bonarda | Medrano 10% Cabernet Franc | Consulta 10% Merlot | Tupungato

Bodega Mosquita Muerta


O projeto Mosquita Morta começou em 2010 pelas mãos de Jose Millan (filho). Ele é focado no desenvolvimento de Grands Crus. Por isso, faz uma criteriosa selecção de variedades diferentes localizadas em vinhedos próprios e de terceiros nas áreas mais importantes de Mendoza. Malbec, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Syrah, Bonarda e Merlot são algumas das variedades tintas que são usadas para incrementar os 4 vinhos vermelhos que compõem este projecto. A partir de 2014 ele começou a trabalhar com uvas brancas como a Chardonnay, Viognier, Sauvignon Blanc e Muscat de Alexandria, para o desenvolvimento de uma série de vinhos brancos, que foram lançados no final de 2015. Vinhedos em Gualtallary, Vista Flores, Chacayes, Tupungato, La Consulta, Los Arboles, Altamira, Perdriel e Medrano são o que dão vida a este projeto.

Bodega Mosquita Muerta


Dicas para beber vinho tinto
O lugar no qual você armazena seus vinhos deve ter temperatura entre 15 e 18 graus.
É bom deixar o vinho tinto respirar um pouco antes de servir. Em caso de vinhos mais velhos é preferível deixá-los respirar por ao menos uma hora antes de beber.
O vinho tinto não deve ser aquecido nem resfriado com procedimentos artificiais.
Para a temperatura do vinho tinto ficar ideal, deixar algumas horas antes de servi-lo exposto à temperatura ambiente, desde que não superior a 20ºC. Esta operação é conhecida pelo termo internacional "Chamber"
Para servir vinhos tintos, nunca encher mais que a metade da taça.
Para o serviço de vinhos tintos em uma refeição deve-se levar em conta seu caráter, primeiro os mais suaves depois os mais estruturados.

Para saber mais: aqui

0 comentários: